Dúvidas para escolher a profissão? Confira três dicas!

O segundo semestre do ano começou, e as dúvidas entre os estudantes sobre a profissão certa só aumentam. Qual área seguir? Qual a melhor universidade? Em que trabalhar depois? Esses são só alguns dos questionamentos que surgem na cabeça dos jovens que estão prestes a fazer o Enem e os vestibulares. Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem ajudar nessa difícil escolha:

1 –  “Por que é tão difícil decidir por uma carreira?”

A dificuldade é justamente escolher uma única carreira. Os orientadores dizem que a angústia da escolha profissional é a angústia de fazer qualquer escolha: você tem várias opções atraentes e precisa decidir-se apenas por uma. Ao escolher uma, você está abrindo mão das demais – e o problema é que a gente não quer perder nada, não é mesmo? Além disso, a decisão profissional é a primeira grande escolha que você, provavelmente, vai fazer na sua vida. E a dica aqui é não escolher o curso no escuro.

2 – “Devo fazer o que eu gosto ou que dá dinheiro?”

A primeira coisa a considerar é que quem faz o que gosta, geralmente, faz bem. De nada adianta optar por uma área promissora, se você não se identifica com ela. Além disso, o mercado é dinâmico e nada garante que uma profissão rentável hoje se mantenha assim daqui a alguns anos. E ser bem-sucedido financeiramente não tem a ver com uma profissão em particular – todas as carreiras oferecem oportunidades de alcançar o sucesso. Portanto, vale mais a pena fazer o que se gosta.

3 – “Como lidar com a opinião dos pais?”

Seus pais são as pessoas que mais o conhecem. Portanto, não despreze a opinião deles! Eles podem te ajudar na questão do autoconhecimento, junto aos amigos e outros familiares. Mas que fique muito claro: a decisão final é sua! E no caso de haver pressão sobre a sua escolha, a melhor saída é ter uma conversa sincera, na qual você deve expor seu ponto de vista e seus argumentos (por isso é que também é importante se informar sobre os cursos e as profissões).

Fonte: Guia do Estudante